- Advertisement -Newspaper WordPress Theme
SaúdeO cachorro do vizinho late muito: o que fazer e o que...

O cachorro do vizinho late muito: o que fazer e o que diz a lei?

Quando você mora com um cachorro , também precisa ser educado com os vizinhos.

Latidos repetidos podem se tornar um pesadelo para a vizinhança, especialmente quando ocorrem à noite e dificultam o sono dos moradores.

Se o cão ou os cães dos seus vizinhos estão causando incômodo com o ruído, você pode tomar medidas para forçá-los a encontrar uma solução para interromper esse ruído.

Porém, para que isso aconteça, o latido deve constituir um verdadeiro incômodo, que lhe é prejudicial pelo seu caráter anormal.

Os vizinhos são, de fato, obrigados a observar uma certa tolerância em relação aos ruídos emitidos pelos moradores da vizinhança, e ninguém pode exigir o silêncio total de sua vizinhança.

O cachorro do vizinho latindo, o que diz a lei?

O Código de Saúde Pública estabeleceu várias disposições para limitar a poluição sonora e permitir que todos possam se beneficiar de relativa tranquilidade.

Além disso, o artigo R1336-5 do Código de Saúde Pública estipula que “Nenhum ruído particular deve, pela sua duração, repetição ou intensidade, afetar a tranquilidade do bairro”.

Também especifica que esse ruído particular pode ser o resultado de uma pessoa, ou ocorrer por “intermédio de uma pessoa, de uma coisa da qual está sob seu cuidado ou de um animal colocado sob sua responsabilidade”.

Latidos de cães, sejam intensos ou repetitivos, estão, portanto, sujeitos a esta lei.

Cachorro latindo à noite: ruído noturno e diurno

De acordo com o site Service-public.fr, não existe uma definição legal dos intervalos de tempo para distinguir o ruído diurno (que ocorre durante o dia) do ruído noturno (que ocorre à noite).

No entanto, o artigo 1336-7 do Código de Saúde Pública estipula que “Os valores-limite [de ruído] são 5 decibéis ponderados A durante o dia (das 7h00 às 22h00) e 3 decibéis ponderados A durante o período noturno . (das 22h00 às 7h00) ”.

Existe, pois, de facto, uma base jurídica para distinguir entre os ruídos que causam incómodos diurnos e os que causam incómodos nocturnos.

No entanto, a lei não dá uma definição real dos ruídos diurnos e noturnos, estes também podem ser interpretados no que diz respeito aos horários do nascer e pôr do sol, a critério do legislador.

Sanções em caso de poluição sonora

De acordo com o artigo R623-2 do Código Penal, a poluição sonora é punível com multa e, potencialmente, com o confisco da fonte do ruído .

Além disso, seu vizinho pode ser apreendido de seus cães, um fim ainda mais provável se seus cães latirem porque foram vítimas de negligência ou abuso. ( 1 ; 2 )

O cachorro do meu vizinho late o tempo todo, o que devo fazer?

Se o cachorro do seu vizinho late constantemente, você pode tomar medidas para impedir o incômodo e, se nada funcionar, registrar uma reclamação por incômodo.

Caracterize o incômodo

Em primeiro  lugar , certifique-se de que seja ruído : todos têm uma tolerância diferente para ruído, e você pode ser potencialmente perturbado por latidos que não são incômodos perante a lei.

Viver em sociedade implica, de facto, ter de respeitar uma certa tolerância face ao ruído emitido pelos seus concidadãos e, em termos absolutos, um cão tem o direito de latir .

Além disso, deve-se ter em mente que os limites de decibéis mencionados pela lei na tentativa de definir um limite além do qual um ruído se torna um incômodo são aumentados de acordo com a frequência e a duração do som.

Além disso, se o cachorro do seu vizinho late apenas algumas vezes por dia, há pouca chance de que isso seja considerado um incômodo, mesmo que o som ouvido em sua casa seja superior a 5 dB.

Se você estiver em dúvida quanto à natureza prejudicial dos latidos emitidos pelo (s) cachorro (s) do (s) seu (s) vizinho (s), pode aconselhar-se com outros residentes da sua vizinhança, se houver.

Pergunte-se também se o latido é mais perturbador do que outros ruídos que emanam da vizinhança, como gritos de crianças, música ou qualquer outro som que não o perturbe, a fim de constituir uma referência para julgar o caráter. Ruído anormal emitido latindo.

Conciliação ou mediação

O artigo 3.º da Lei n.º 2019-222, de 23 de março de 2019, sobre a programação 2018-2022 e a reforma da justiça passou a exigir o recurso à conciliação e / ou mediação nos assuntos atuais de vizinhança antes de qualquer procedimento de justiça.

Além disso, antes de apresentar uma reclamação contra o seu vizinho, você tem a obrigação de tentar resolver o problema de forma amigável, por conta própria ou com a ajuda de um conciliador judicial.

A maneira mais fácil é começar avisando o vizinho , por correio ou verbalmente, do constrangimento causado pelo latido de seu cachorro e pedir-lhe que tome as providências necessárias para detê-lo.

Você também pode pedir a um mediador (ou conciliador legal) para fazer isso por você. É possível apreender na Câmara Municipal, Tribunal, Casa de Justiça ou online.

Detalhe importante: os conciliadores de justiça são profissionais do direito que prestam assistência jurídica voluntária e, portanto, sua aplicação não acarreta nenhum custo para o indivíduo.

Aconselhe-o sobre soluções!

Eu sei, a essa altura você já pode não querer mais ser bonzinho e só sonhar com o silêncio … Mas é preciso entender porque um cachorro late (geralmente não por prazer, mas por mal-estar ou causa de estímulos externos. ..) para encontrar as soluções.

E isso não é necessariamente óbvio, mesmo para o seu vizinho, mesmo que ele coloque toda a sua boa vontade nisso!

Portanto, no período de tentativa de mediação, por que não oferecer-lhe uma mão?

  • Opção 1 : contate um treinador de cães. Online ou perto de você. Você pode enviar ESTA PÁGINA para que ele possa se beneficiar rapidamente de uma consulta e receber conselhos.
  • Opção 2 : Encaminhe-o para esta página de conselhos grátis 😉 E espero que ele receba o treinamento de Pauline , uma EXPERTA quando se trata de ajudar cães a latir menos.

2 soluções….

O que você tem a perder? Experimente, você pode resolver mais do que apenas problemas de ruído, você pode fazer bem para o seu vizinho E o cachorro deles, além de fazer o bem a você 🙂!

Notificação formal

notificação permite encerrar tentativas de resolução amigável do problema, informando o seu vizinho de que será instaurado um processo caso os latidos não parem.

Em primeiro lugar, entre em contato com a prefeitura ou com a polícia municipal que virá ver o incômodo com o barulho e fará um boletim de ocorrência para o seu vizinho.

Se isso não bastasse, envie uma carta registrada ao seu vizinho lembrando-o de suas obrigações legais e das penalidades incorridas.

O confisco do animal pode ser muito traumático, muitas vezes é um argumento que atinge o alvo neste tipo de conflito.

Registrar uma reclamação

Quando nenhum acordo amigável for encontrado, você tem a possibilidade de entrar com uma queixa para pedir às autoridades que obriguem seu vizinho a parar de latir de seu cachorro.

Para isso, você precisará coletar evidências de que os latidos dos cães do seu vizinho estão causando um verdadeiro incômodo.

Estes podem ter sido recolhidos pelo conciliador do tribunal durante o procedimento de resolução amigável, por um oficial de justiça apreendido por si ou por si (testemunhos de outros vizinhos, por exemplo).

O laudo elaborado pelos policiais também constituirá prova decisiva para oprimir o seu vizinho.

Perguntas frequentes sobre latidos de cães no bairro

Um cachorro latindo é um incômodo de acordo com a lei?

Sim e não. Um cão tem o direito de latir, só será considerado incômodo se o ruído que emite for anormal.

Esse pode ser o caso de cães que uivam ao morrer uma vez por noite ou latem o dia todo quando seus donos estão trabalhando, por exemplo.

Por outro lado, um cão que late para festejar para o dono que chega do trabalho ou que late alguns segundos ao ver o carteiro provavelmente não se enquadra nesta categoria perante a lei.

Posso registrar uma reclamação se o cachorro do meu vizinho latir muito?

Se o latido do cachorro do seu vizinho constituir um incômodo para o ruído de acordo com a lei, você pode registrar uma queixa contra ele.

No entanto, você deve primeiro tentar resolver o problema de forma amigável, por conta própria ou com a ajuda de um conciliador judicial.

Que medidas devo tomar se for incomodado pelo latido do cachorro de um vizinho?

A primeira coisa a fazer é avisar o seu vizinho: talvez ele nem saiba que os cães estão latindo se o incômodo ocorrer na sua ausência.

Dê a ele a oportunidade de consertar o problema e, se o latido persistir, peça à polícia para verificar o barulho.

Se, novamente, nada funcionar, você deve primeiro tentar resolver a situação com a ajuda de um conciliador judicial e, em seguida, apresentar uma reclamação como último recurso.

Devo tolerar os latidos dos cães dos meus vizinhos?

Existe uma certa tolerância para a vida social, e você não pode exigir que o cachorro do seu vizinho não late.

Por outro lado, não é necessário suportar uma verdadeira poluição sonora, ou seja, latidos repetidos, frequentes, constantes ou particularmente altos.

Concluir

Latidos constantes ou repetidos podem rapidamente se tornar um problema real, especialmente quando ocorre à noite.

Se o barulho das vocalizações do cachorro do vizinho incomoda você, a primeira coisa a fazer é alertá-lo para que ele tenha a oportunidade de resolver o problema.

Não hesite em lembrar ao seu vizinho que esse tipo de incômodo é punível com o confisco do animal, uma sanção traumática que um amo amoroso geralmente fará de tudo para evitar.

Você já foi incomodado pelo latido do cachorro do seu vizinho? Como isso acabou? Compartilhe sua experiência ou tire suas dúvidas nos comentários deste artigo!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Subscribe Today

GET EXCLUSIVE FULL ACCESS TO PREMIUM CONTENT

SUPPORT NONPROFIT JOURNALISM

EXPERT ANALYSIS OF AND EMERGING TRENDS IN CHILD WELFARE AND JUVENILE JUSTICE

TOPICAL VIDEO WEBINARS

Get unlimited access to our EXCLUSIVE Content and our archive of subscriber stories.

Exclusive content

- Advertisement -Newspaper WordPress Theme

Latest article

More article

- Advertisement -Newspaper WordPress Theme